Guilherme Araújo

Gerente de Segurança, Saúde, Meio Ambiente e Comunidades – SSMAC

1. Transcorridos alguns anos da nossa parceria, gostaríamos de saber se na sua visão, o programa GMIRM, pode contribuir, e, o quanto pode contribuir, para a melhoria dos indicadores de segurança operacional e meio ambiente de uma empresa?

A implantação do Programa GMIRM foi significativa para a Yamana Gold / Mineração Maracá pois nos últimos 5 anos contribui para uma redução significativa do LTIFR ( Lost Time Injuries Frequence Rate – Taxa de Frequência de Acidentes com Afastamento ) e tem contribuído por conseguinte para redução significativa das taxas do AIFR ( All Injuries Frequence Rate – Taxa de Frequências para Todos Acidentes com Lesões). O AIFR 2016 tem sido o menor dos últimos 4 anos o que tem evidenciado uma redução na ocorrência dos acidentes, inclusive, redução também quanto as Taxas de Gravidade.

foto

2. Você pode afirmar que já existe uma melhoria significativa na sustentabilidade da cultura de segurança operacional e meio ambiente da Yamana Gold/Mineração Maracá?

Podemos afirmar certamente que o GMIRM, em conjunto com diversas outras ações locais, resultaram em uma melhoria significativa na sustentabilidade da cultura de segurança operacional da Yamana Gold / Mineração Maracá. Neste ano de 2016 tivemos uma auditoria de 3a parte realizada pela Dupont, com o objetivo de atualizar os resultados encontrados no primeiro Diagnóstico da Gestão e Cultura de Segurança realizado em 2013 e os resultados foram os seguintes:

foto

A Mineração Maracá nos Resultados de Auditoria da Dupont partiu em 2013 basicamente de uma condição de Consciência para alcançar em 2016 uma condição de Classe Mundial ( podendo ser referencial para benchmarking, de acordo com a Dupont, para outras empresas do ramo de mineração ou outros negócios ).

Os conceitos seriam os seguintes:

a) Classe Mundial: A organização é líder em performance de Segurança na sua categoria como resultado direto de seu foco em segurança, liderança, estrutura organizacional dedicada e do portfolio de atividades levadas adiante para manter um local de trabalho seguro;
b) Excelência: A organização tem forte capacidade para identificar, aprender e corrigir práticas inseguras e o controle dos riscos do local de trabalho é prioridade máxima. Existe um fluxo livre e trocas de informações sem medo de retaliação e a organização está focada em aprendizado e a melhoria do relato de riscos, auditoria e a implementação de ações corretivas são bem estruturadas e executadas de forma rotineira;
c) Habilidades: A organização demonstra numerosos sinais de melhoria contínua e tem um registro e tendência, na performance de Segurança, de melhoria modesta e consistente. Pessoas são habilitadas na aplicação de ferramentas e técnicas de Segurança;
d) Consciência: A organização tem consciência da sua performance e estabeleceu políticas e processos básicos para medir e melhorar sua performance de Segurança. Existe um valor relativamente alto para esforços de Segurança e um sistema de auditoria está implementado para eliminar os riscos do local de trabalho;
e) Fundamental: A organização tem processo implementado para evitar riscos conhecidos do local de trabalho e utiliza o acompanhamento da estatística de acidentes / lesões para mediçã ode performance. Lesões e acidentes são a maior força motivadora para a discussão de práticas de gestão de Segurança. Existe uma política escrita que pode não ser familiar para os empregados ou não é percebida como sendo de alto valor. Performance de Segurança é conhecida por alguns na organização mas não é conhecida ou considerada de forma abrangente.

3. O quanto o programa GMIRM contribuiu para a implantação, ou para a consolidação dessa cultura sustentável de segurança operacional e meio ambiente da Yamana Gold/Mineração Maracá?

Pode se enumerar avanços em nosso Sistema com a implantação do GMIRM contribuindo significativamente para a consolidação de uma cultura sustentável. Os avanços são os seguintes:

a) Compromisso da Liderança: As reuniões dos Comitês são lideradas pelo Gerente Geral e pelos gerentes em suas áreas de responsabilidade; No início do turno são realizados DDS e estes são conduzidos pelas lideranças; Todas as lideranças participam do programa de Abordagem de SSMAC e possuem metas definidas para lideranças, de acordo com padrão de Abordagens de Segurança e de Índice de Práticas Seguras; Programas de SSMAC são apresentados e aprovados na reunião do Comitê de SSMAC do Gerente Geral; Frequência semanal de Inspeções dos Gerentes (toda quarta feira) e na última quarta feira do mês, tem a participação dos coordenadores e supervisores de todas as áreas; As investigações de ocorrências de SSMAC são lideradas pelo responsável da área onde ocorreu o evento; As recomendações oriundas das investigações possuem responsável por implementar e são acompanhadas pelo portal SYG, as pendências geram gráficos sendo apresentados quando o funcionário abre o Portal; Os indicadores de SSMAC são apresentados na reunião do Comitês de SSMAC do Gerente Geral. Avaliação e acompanhamento de pendências e atendimento das metas são apresentados; Existência de avaliação trimestral das lideranças ( feedback );

b) Estrutura de Organização Integrada: A Mineração Maracá possui o Comitê de SSMAC do Gerente Geral onde participam os gerentes de áreas e cada gerente possui um subcomitê da sua gerência. As reuniões ocorrem com frequência mensal e são deliberativas;

c) Atribuições e Responsabilidades de linha Organizacional: A Unidade possui matriz de capacitação por função. Todos os funcionários admitidos ou promovidos atendem os requisitos obrigatórios de treinamento identificado na Matriz de Capacitação, antes de assumirem suas funções e realizam suas atividades acompanhados, até estarem em condições de trabalhar sem acompanhamento ( avaliado pelo supervisor ); As metas e objetivos são revisados anualmente e divulgados para força de trabalho;

d) Metas, Objetivos e Planos: As metas são apresentadas na reunião com a diretoria Corporativa para aprovação; Os objetivos são desdobrados para gerências das áreas operacionais; A unidade aplica as ferramentas do Sistema de Gestão, para atingir as metas e objetivos definidos; O monitoramento mensal dos indicadores de SSMAC na reunião do Comitê do Gerente Geral e deliberação de ações para indicadores que não atingiram a meta no período; Os indicadores são divulgados nas reuniões de SSMAC das gerências, Painéis eletrônicos e quadros de aviso das áreas; A Mineração Maracá possui indicadores reativos de Acidentes pessoal, materiais e meio ambiente; reclamações da comunidade, indicadores pró-ativos de Abordagens, ROS, Regra de Ouro, Treinamento, Auditorias e Inspeções, Atendimento a requisitos legais e IDO – Indice de Disciplina Operacional que congrega vários indicadores proativos;

e) Profissionais de SSMAC: Existem protocolos padronizados para Objetivos, Metas e Programas de Gestão. Nestes temos claramente definido as responsabilidades e atuação da liderança para alcançar os objetivos e metas do negócio; Os profissionais de Segurança possuem treinamento nas ferramentas de gestão de SSMAC e atuam como multiplicadores; Os técnicos de segurança são distribuídos para atendimento das gerências operacionais; A Mineração Maracá possui número de profissionais de SSMAC acima do estabelecido por legislação o que auxilia na atuação como consultor das áreas em vista das grandes distâncias em que as equipes se encontram; A gerência de SSMAC reporta para diretoria corporativa de SSMAC e na Mineração Maracá diretamente para o Gerente Geral; As atividades desempenhada pela gerência não tem caráter de executores, mas de assessores para lideranças das área visando o desenvolvimento da força de trabalho;

f) Procedimentos e Padrões de Desempenho: O Sistema de Gestão é composto de procedimentos, atendendo os aspectos do Sistema Normativo, do Padrão Corporativo de Sistema, do PIS – Padrão Interno de Sistema e do POP – procedimento operacional; O treinamento nos procedimentos segue a matriz de Capacitação, sendo os treinamentos ministrados por Instrutores das áreas; A Mineração Maracá realiza controle de Disciplina Operacional que contempla a identificação da necessidade e elaboração do procedimento, avaliação da qualidade, treinamento (OJT) e verificação do atendimento (OPT); A Mineração Maracá possui procedimentos operacionais para gerências, onde as atividades são contempladas tal como a maneira de se executar, além dos riscos de SSMAC bem como suas medidas de controle; Há implementado o processo de Disciplina Operacional que segue a seguinte sequência: Primeira etapa – Verificação de disponibilidade dos procedimentos, Segunda etapa – Avaliação da qualidade dos procedimentos, Terceira etapa – Treinamento e capacitação dos procedimentos ( OJT – On The Job Training ), Quarta etapa – Observação Planejada da Tarefa (OPT), Quinta etapa – Índice de Não Conformidades (INC); A gestão de SSMAC identifica a legislação Federal, Estadual e Municipal aplicável à atividade e a unidade registra o nível de atendimento da legislação e seus requisitos, com isso é gerado um indicador de atendimento dos requisitos legais;

g) Treinamento e Desenvolvimento: A Mineração Maracá possui matriz de competência que estabelece treinamentos exigidos (obrigatórios) e desejáveis para cada função. Para terceiros as exigências de treinamento são realizados através do tipo de contrato que é analisado pela Célula de Contrato e pelo SSMAC; Toda força de trabalho ( própria e terceiro fixo ) passa por treinamento introdutório de 30hs; A Mineração Maracá possui um Núcleo de desenvolvimento profissional, localizada em Alto Horizonte onde são realizados os treinamentos. Os treinamentos são realizados pelo SENAI e com módulos de Saúde (Enfermeiro da Unidade) e Combate a Incêndio ( Téc. De Segurança ); A Mineração Maracá possui um plano de treinamento, o plano é revisado anualmente pelo gestor da área e pela área de SSMAC, esta revisão é realizada através da LNT – Levantamento das Necessidades de Treinamento. A partir deste levantamento é elaborado o Plano Anual de Treinamento; O programa de re-treinamento é definido de acordo com: requisito legal de validade de treinamentos aplicados, revisão de procedimentos e através do Treinamento e capacitação dos procedimentos ( OJT – On The Job Training );

h) Comunicação Efetiva: A Mineração Maracá possui um procedimento “Comunicação de Partes Interessadas” no qual estabelece o processo de comunicação externa. A Mineração Maracá também possui uma assessoria de comunicação para suporte no desenvolvimento de materiais para divulgação nos contatos externos; Existência de várias ferramentas de comunicação para força de trabalho, Reuniões de segurança: SSMAC, DDS com supervisor, Dialogo semanal com gerente da área e Dialogo mensal com o gerente geral; Painéis eletrônicos, televisão em diversos locais de unidade, veiculando mensagens de segurança e indicadores de performance em segurança, e mail para comunicação: Gerentes, Grupo de funcionários próprios e terceiros, Portal SYG MMIC e Folders; As gerências realizam diálogos diários de SSMAC, os diálogos são realizados pelos supervisores com suas equipes em cada turno de trabalho onde é abordado um tema geral de SSMAC e assuntos específicos sobre os riscos da atividade a ser realizada no dia. Isso estimula o operador a iniciar sua atividade com consciência e concentração no que irá realizar e como irá realizar;

i) Auditorias e Observações: A Mineração Maracá possui procedimento – Classificação, Investigação e Notificação de Incidentes. O procedimento estabelece o fluxo, de comunicação, classificação do evento, composição da equipe de investigação, prazos para conclusão da investigação, recomendações, relatório da investigação e divulgação do resultado da investigação; A Mineração Maracá possui estações de acesso (Totens) onde qualquer funcionário, contratado ou visitante, pode realizar o registro de desvios e quase acidentes. Isto deveria facilitar a comunicação e o relato das ocorrências mesmo que mínimas; A Mineração Maracá mantém registro eletrônico de todas as ocorrências e com fácil acesso ao plano de ação elaborado com seus respectivos responsáveis e data para concluir a ação;

j) Prontidão para Emergência e Planejamento de Contingência: A Mineração Maracá possui o plano de resposta a emergência com estabelecimento das funções e atribuições durante uma emergência. Plano com 29 cenários de emergência a partir da planilha de perigos e riscos e aspectos e impactos; Anualmente realizado simulado para barragem. A unidade possui mapeamento atualizado, sobre as propriedades rurais que estão à jusante da barragem, com levantamento do número de pessoas e animais destas propriedades. Os equipamentos de resposta e animais destas propriedades. Os equipamentos de resposta à emergência estão disponíveis, inspecionados e me condições de uso, com programa de teste periódico para os sistemas de bombas de rede de incêndio; Equipe de emergências bem dimensionada e devidamente treinada; A Mineração Maracá possui duas ambulâncias, sendo uma ambulância padrão NFPA, ambulatório com serviço médico e de enfermagem; A Mineração Maracá possui convento para realização de remoção por via aérea;

k) Integridade Mecânica: Procedimentos de manutenção são estabelecidos para garantir a integridade dos equipamentos e padronização na execução das atividades; Os equipamentos são caracterizados dentro de critérios de criticidade para operação, considerando SSMAC, Qualidade, Produtividade e frequência de quebra; O programa de inspeção e testes possui lista de equipamentos e frequência de realização; Os registros da execução das atividades de manutenção são mantidos no sistema de gestão da Manutenção, DataSul; A manutenção possui equipe treinada para execução das atividades de manutenção preditiva e preventiva. Para grandes equipamentos que operam na mina, tais como caminhões, carregadeira e equipamentos de perfuração, a manutenção é realizada por contrato com o próprio fabricante do equipamento. Para manutenção de parada em britadores e moinhos, também é realizada com o fabricante;

l) Gerenciamento de Mudança de Tecnologia: Processo de Gestão de mudança bem estruturado e com todos os funcionários treinados. As solicitações de mudanças são realizadas por sistema eletrônico – Portal SYG, o responsável pela área onde ocorre a mudança, abre o processo no portal, e todos os gerentes tem que responder se a mudança possui alguma relação / interferência com sua gerência; O processo de gestão de mudanças, contempla análise de riscos, revisão de procedimentos e documentação e treinamento das pessoas afetadas pela mudança; A Mineração Maracá possui especialistas nas gerências operacionais, que desempenham a função de guardião da tecnologia; Todos os empregados foram treinados no procedimento de gestão de mudanças (unidade certificada) e na ocorrência de mudança devem comunicar a liderança imediata para elaboração do processo de análise de mudança;

m) Gerenciamento de Mudança de Pessoas: A Mineração Maracá possui critério para mudança de pessoas, onde toda mudança de função ou promoção, é avaliado através da Matriz de competência o processo é gerenciado através da área de recursos humanos e toda a liderança adere ao processo; A matriz de Competência contempla todas as funções e os treinamentos exigidos. Anualmente a matriz é revisada e é avaliado o LNT – Levantamento de Necessidade de Treinamento; Toda mudança de pessoas, admissão ou promoção devem ser aprovadas pelo gerente de área; As funções críticas identificadas são avaliadas quanto à qualificação profissional e atendimento a requisitos de saúde (PPRA e PCMSO); Todos os funcionários e contratados possuem um cartão identificado a realização de treinamentos obrigatórios e suas respectivas validades, e mencionando a habilitação para operação ou para realização de atividades críticas; Para funções de supervisão, contratação ou promoção, os candidatos passam por entrevista com Gerente de SSMAC para avaliação do comprometimento com os requisitos de segurança da Mineração Maracá, Após uma mudança de função ou contratação, os funcionários são acompanhados no local de trabalho, sendo aplicadas as seguintes ferramentas: OJT: Treinamento no Local de Trabalho (On The Job Trainning) e OPT: Observação Planejada da Tarefa;

n) Gerenciamento de Mudança de Instalações: Processo de Gestão de mudança bem estruturado e com todos os funcionários treinados. As solicitações de mudanças são realizadas por sistema eletrônico – Portal SYG, o responsável pela área onde ocorre a mudança, abre o processo no portal, e todos os gerentes tem que responder se a mudança possui alguma relação / interferência com sua gerência; Existência de um processo de aprovação de maneira eletrônica, somente fica liberado após aprovação final; O procedimento de gestão de mudanças é divulgado para todos os funcionários, enfatizando o que caracteriza uma mudança; No próprio processo de gestão de mudança, contempla a divulgação da mudança para o pessoal envolvido e treinamento em procedimentos revisados. Estas ações registradas no portal possuem responsáveis e prazo para o atendimento;

o) Auditorias e Observações: Toda liderança é treinada em Abordagem em Segurança, novos líderes são treinados pelo SSMAC para execução das abordagens ( treinamento de 8 horas com parte teórica, exercícios em sala e prática de campo ). Novos auditores devem ter seu treinamento complementado pelo acompanhamento de seu líder nas 3 primeiras observações; A unidade está certificada no sistema ISO 14001 e 18001; Realização de auditorias internas dos sistemas de SSMAC com auditores internos treinados; As auditorias seguem protocolo com realização de verificação da documentação do sistema de gestão e seus registros de atendimento, seguindo programação; As não conformidades identificadas são registradas em um sistema de acompanhamento, com responsável pelas ações; Os indicadores de atendimento à programação das auditorias e das não conformidades são apresentados no sistema de gestão e na reunião do comitê geral; Os dados analisados na reunião do Comitê geram ações de abrangência para os desvios de maior incidência; A Mineração Maracá possui um programa de Abordagem Comportamental realizada pelo Gerente Geral, Gerentes, Supervisores, Profissionais de nível superior e Técnico e Segurança do Trabalho ( este programa de abordagem, inclui as lideranças de empresas contratadas fixas que atuam na empresa); O procedimento estabelece metas específicas por nível da liderança e gera indicadores de realização e de categoria e subcategoria dos desvios observados, sendo os indicadores apresentados na reunião do Comitê de SSMAC do Gerente Geral; Os dados analisados na reunião do Comitê de SSMAC do Gerente Geral; Os dados analisados na reunião do Comitê geram ações de abrangência para os desvios de maior incidência; Existência de um processo robusto de auditoria de nível 1, 2 e 3; Estas ações acima foram consolidadas e algumas geradas após o treinamento do GMIRM.

4. O custo / benefício da implantação desse programa foi razoável para a Yamana Gold/Mineração Maracá?

O custo / benefício da implantação desse programa foi razoável para a Yamana Gold / Mineração Maracá porque reduzimos consideravelmente contratos de consultoria e obtivemos com estas ações diminuição clara em nossos indicadores reativos. Desta forma torna se claro a influência em nossos resultados anuais.

5. Você indicaria o programa GMIRM para outras empresas que queiram implantar, ou consolidar um ambiente sustentável de segurança operacional e meio ambiente?

Sim, indicaria o Programa GMIRM pois ele possibilita a um processo de conscientização e direcionamento único da empresa a fim de que a organização busque e atinja sua Visão.